As atividades de mineração estão entre as que mais geram impactos ambientais e utilizam volumes altíssimos de água. Sem métodos adequados, esse material pode contaminar o solo e os sistemas de abastecimento, causando danos incalculáveis para plantas, animais e seres humanos.

Neste artigo, você vai entender os tipos de resíduos gerados e os impactos do tratamento de efluentes em mineradoras. Além disso, verá como otimizar processos para tornar esse trabalho mais seguro e barato. Confira!

Tipos de resíduos gerados em mineradoras

Os efluentes gerados pelas atividades de mineração costumam ter teores elevados de acidez e sólidos suspensos. A lista de contaminantes mais encontrados nesse material inclui:

  • metais tóxicos, como alumínio, chumbo e manganês;
  • metais não tóxicos, como ferro, sódio e potássio;
  • não metais, como cloro, flúor e fósforo;
  • óleos e graxas;
  • sólidos inorgânicos;
  • ânions;
  • resíduos de produtos químicos usados na extração de minérios.

Como a composição do efluente é muito variável, os métodos de tratamento adequados devem ser escolhidos com base em análises laboratoriais rigorosas. É comum que o processo de descarte e destinação utilize uma combinação de tecnologias distintas. 

Como é o tratamento de efluentes em mineradoras?

Uma das principais dificuldades do tratamento de efluentes em mineradoras é a inviabilidade financeira de uma planta de tratamento central por meio de dutos. Por isso, muitas empresas do setor optam por distribuir essas operações por plantas terceirizadas em locais próximos às minas.

Obviamente, essa alternativa demanda cuidados especiais em termos de logística, visto que há normas específicas para o transporte de efluentes líquidos

Em seguida, o tratamento físico-químico retira os poluentes dos resíduos inorgânicos e a remoção de resíduos sólidos é realizada por meio de processos como: 

  • filtração;
  • sedimentação;
  • coagulação;
  • flotação;
  • sorção.

Como otimizar o tratamento de efluentes em mineradoras?

Como mencionamos anteriormente, a terceirização do tratamento de efluentes se apresenta como solução viável para as atividades de mineração, pois evita os custos de manter uma estrutura alinhada aos parâmetros técnicos exigidos. Além disso, também é possível contar com apoio para as atividades de coleta e destinação do material.

Mas para assegurar os melhores resultados, sua empresa precisa de parceiros que apliquem as melhores práticas de proteção ambiental. A Okena oferece soluções personalizadas de tratamento de efluentes em mineradoras e obedece aos mais rigorosos padrões de qualidade. 

Localizada em Itapevi-SP, nossa planta permite atender empresas de toda a região metropolitana, no litoral e no interior do estado. Nossos especialistas oferecem suporte completo e ajudam a agilizar a emissão de documentos obrigatórios, como MTR e CADRI.

Além disso, contamos com o certificado de Empresa B, que reconhece a aplicação das melhores práticas de proteção ambiental.

Quer saber mais? Conheça as soluções da Okena e otimize a gestão de efluentes na sua empresa!