A destinação correta do lixo gerado pelas atividades produtivas é uma das principais preocupações da indústria frente à demanda de investidores e consumidores por produtos e serviços ecologicamente corretos. Neste artigo, você verá o que é necessário para otimizar os processos da sua empresa no descarte de resíduos industriais. Confira!

Conhecer as normas jurídicas e técnicas

Primeiramente, é fundamental conhecer a legislação sobre o tratamento de efluentes, que regulamenta o uso de recursos naturais e estabelece métodos de descarte específicos para diversas atividades industriais. Entre as principais leis relacionadas a esse trabalho, podemos citar:

Além das leis nacionais, cada estado tem regras específicas sobre o descarte de resíduos industriais. Em São Paulo, elas são determinadas pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB), que apresenta as normas técnicas vigentes em seu site.

A adequação aos regulamentos pode ser facilitada pela adoção das boas práticas da norma ISO 14.001, que guia a implementação de um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) capaz de otimizar processos, reduzir riscos ambientais e diminuir custos operacionais.

Determinar o método de descarte correto

O tipo de material gerado pela sua empresa determina o melhor método de descarte. Portanto, é necessário fazer a classificação desses resíduos antes de encaminhá-los. Depois, os processos mais utilizados são:

  • tratamento físico;
  • tratamento químico;
  • tratamento biológico.

A depender das características de cada setor, pode ser necessário combinar mais de um método. Para saber mais sobre a aplicação deles, basta acessar nosso artigo sobre as três formas de tratar efluentes industriais.

Transportar os resíduos a serem descartados

A logística para descarte de resíduos industriais também requer atenção especial e há regras sobre o transporte de efluentes líquidos. Segundo a norma NBR 13.221, a coleta deve evitar a mistura entre materiais de características distintas e os veículos precisam estar de acordo com certas especificações técnicas.

Além disso, todo o processo deve ser formalizado por documentos obrigatórios como:

Como facilitar o descarte de resíduos industriais?

Frente à complexidade de gerenciar os processos de descarte de resíduos industriais, muitas empresas optam pela terceirização do tratamento de efluentes. Para assegurar os melhores resultados, sua empresa precisa de parceiros alinhados aos parâmetros técnicos exigidos. 

A Okena oferece soluções personalizadas de coleta, tratamento e destinação de efluentes. Localizada em Itapevi-SP, nossa planta permite atender empresas de toda a região metropolitana, no litoral e no interior do estado. 

Além disso, contamos com o certificado de Empresa B, que reconhece a aplicação das práticas previstas pela norma ISO 14.001.

Quer saber mais? Conheça as soluções da Okena e otimize a gestão de efluentes na sua empresa!