O investimento na melhoria contínua do tratamento de água industrial é indispensável não apenas para obedecer à legislação vigente, mas também para reduzir o impacto ambiental causado pela operação da empresa. Além disso, o aperfeiçoamento desse processo permite otimizar os custos de produção e obter mais eficiência hídrica, autonomia e economia.

Continue lendo este artigo para saber quais são as melhores práticas para o tratamento de água industrial que o seu negócio pode adotar!

Três boas práticas para tornar o tratamento de água industrial mais eficiente

Conheça três ações que podem melhorar a eficiência desse processo na sua indústria:

Análises laboratoriais:

As análises laboratoriais podem ser químicas, físico-químicas, orgânicas, microbiológicas e hidrobiológicas. Por meio de amostragens da água industrial, elas ajudam a caracterizar e a monitorar o tipo de efluente gerado, a fim de definir o melhor método de tratamento. Para isso, as análises laboratoriais envolvem etapas como:

  • captação;
  • adução;
  • coagulação química;
  • floculação química;
  • decantação;
  • filtragem;
  • desinfecção;
  • reservação.

Alinhamento com as normas técnicas nacionais e estaduais:

Criado inicialmente em 1934, o Código das Águas foi atualizado pela Lei 9.433/97 e determina regras e padrões de qualidade para o tratamento de águas industriais.

Em São Paulo, o Decreto Estadual 8468/76 estabelece diretrizes para lançamento direto e indireto no corpo receptor de efluentes. Além disso, as normas técnicas estabelecidas pela CETESB são condição para a obtenção do CADRI, o Certificado de Movimentação de Resíduos de Interesse Ambiental.

Manutenção adequada da ETE – Estação de Tratamento de Esgoto

A manutenção adequada de uma estação de tratamento de esgoto é um aspecto muito importante, já que garante a segurança da força de trabalho, a continuidade operacional e reduz o número de paradas não programadas.

Além disso, a manutenção da ETE também diminui custos relacionados a compras de materiais urgentes e a horas extras emergenciais, aumentando a durabilidade de instalações e equipamentos. No entanto, garantir o pleno funcionamento da estação de tratamento de efluentes exige a contratação de uma equipe qualificada e gera custos elevados. 

Uma vez que o tratamento de águas industriais é uma necessidade, muitas empresas optam pela terceirização do serviço de processamento de efluentes para manter essa operação e atender às legislações.

A Okena oferece soluções personalizadas para diversos segmentos industriais, com opções de tratamentos Onsite e Offsite! Nossa equipe ajuda sua empresa a se adequar à legislação, além de realizar as atividades de coleta, transporte, tratamento e descarte de resíduos.